Nova etapa de vacinação contra gripe começa e inclui forças de segurança e salvamento

Os profissionais das forças de segurança e salvamento, que totalizam cerca de 900 mil pessoas, a partir deste ano, passam a fazer parte do público-prioritário da Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza. Esses profissionais, assim como os demais já contemplados na campanha, são expostos em atividades de risco em locais de aglomerações, um dos principais fatores de propagação do vírus da influenza. Para garantir essa ampliação, o Ministério da Saúde está adquirindo mais um milhão de doses da vacina, além das já previstas, com o Instituto Butantan, responsável pela produção do imunobiológico.

Além de anunciar a ampliação do público-alvo, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, lançou, nesta segunda-feira (22), durante a abertura da 17ª Semana de Vacinação nas Américas, em Cuiabá (MT), a segunda fase da Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza. A partir de agora até o dia 31 de maio, todos os públicos-prioritários podem procurar os postos de saúde para se vacinar. Na primeira fase da campanha, de 10 a 18 de abril, só estavam sendo vacinadas crianças e gestantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *