Morre touro de R$ 250 mil, produtor de 50 mil doses de sêmen

Perder um touro do porte de Hotu Soledade, da raça Senepol, é uma perda irreparável para a pecuária brasileira. Nascido em 2010, Hotu, de propriedade do selecionador Ricardo Pereira Carneiro, da mineira Uberlândia, produziria pelo menos mais 25 mil doses de sêmen e valia R$ 250 mil. Ele já havia produzido cerca de 50 mil doses, segundo Cristiano Leal, gerente de corte europeu da CRV Lagoa, que fica em Sertãozinho, interior de São Paulo, onde o animal ficava alojado. Lamentando bastante, Leal conta que Hotu era uma referência em termos de produção de carne. Touro moderno, de acordo com as exigência do mercado atual, ele foi campeão da prova de performance da empresa em 2011. “Ele se destacou em todas as características de desempenho”, ressalta Leal.

Mais Detalhes: https://revistagloborural.globo.com/Colunas/sebastiao-nascimento/noticia/2018/12/morre-touro-de-r-250-mil-produtor-de-50-mil-doses-de-semen.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *