A importância do uso do capacete

Nos últimos dias, em Serra do Ramalho, tem ocorrido uma sequência de acidentes de transito envolvendo motociclistas, a maioria deles ocorridos devido às imprudências dos condutores que além de não usarem os equipamentos de segurança, trafegam em alta velocidade no perímetro urbano da cidade.

Recentemente dois acidentes chamaram atenção dentro do município, o primeiro motoqueiro conhecido como Macaxeira, que transitava pela avenida Norte quando outro motoqueiro em alta velocidade chocou-se contra ele, arremessando-o contra outro veiculo. O impacto causou graves cortes no crânio da vítima que teve que ser levada ao hospital municipal e posteriormente transferido a Barreiras.

O segundo ocorreu na vicinal próxima a Barragem da Agrovila 11, durante a noite de sábado (01/02) moradores encontraram um motoqueiro residente de Agrovila 22 caído inconsciente. Acionaram ao Samu que, em poucos minutos chegou para prestar socorro. O jovem também teve que ser transferido pois, o estado dele considerado gravíssimo.

Ao contrário do primeiro, este o motoqueiro caiu sozinho quando, perdeu o controle da motocicleta ao bater em um buraco da pista. Assim como ocorre na maioria dos acidentes, todos os envolvidos tiveram traumas nas cabeças que, poderia ser evitadas com o uso dos equipamentos de segurança.

O capacete é um item de segurança obrigatório para os motociclistas não só porque o Código de Trânsito Brasileiro exige o seu uso, mas também porque ajuda a evitar consequências mais graves em acidentes de trânsito. Quem não usa, além de colocar a própria vida em risco, comete uma infração gravíssima, com multa e suspensão direta do direito de dirigir.

Estudos feitos para avaliar a eficácia dos capacetes mostraram que o seu uso pode prevenir cerca de 69% dos traumatismos crânio-encefálicos e 65% dos traumatismos da face. O item protege o usuário desde que utilizado corretamente, ou seja, afivelado, com todos os seus acessórios e complementos.

A prevenção é uma grande aliada na preservação da vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *